[1]
F. M. Fragoso Bittencourt Araújo, “NECESSIDADE DE ATUAÇÃO DOS TRIBUNAIS DE CONTAS PARA RECONHECIMENTO DE ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA NA OMISSÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS”, RDA, vol. 2, nº 3, jan. 2022.