EFICIÊNCIA TÉCNICA E DE ESCALA NA AGROPECUARIA DO ESTADO DE MATO GROSSO (MT), BRASIL.

Jorge Luis Triana Riveros, Lizeth Cristina Chatez Ortega, Manuel Guzman Muñoz

Resumo


O presente artigo tem como propósito analisar a eficiência técnica e os retornos a escala na produção agropecuária dos municípios do Estado de Mato Grosso (MT), Brasil, identificando aqueles que utilizam da maneira mais ótima possível os recursos disponíveis em seus territórios. Para esse fim é empregada uma Análise Envoltória de Dados – DEA, com o propósito de obter um melhor panorama da eficiência técnica e de escala realizando uso de um mapa de georeferenciamento. Os resultados evidenciam que o Estado de Mato Grosso conta com 21 municípios que se podem considerar Benchmarks, quanto os retornos constantes de escala, já em relação aos retornos variáveis de escala os municípios considerados eficientes tecnicamente aumentam para 33. Do mesmo modo, se identificou a quantidade de municípios que operam em retornos crescentes ou decrescentes de escala, o qual permite sugerir o aumento ou a diminuição da produção.

Texto completo:

PDF
Associada e indexada à