DÉFICIT HABITACIONAL: O TAMANHO DA DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL

Guilherme Antônio Correa Cunha

Resumo


A cada ano que passa, percebemos o agravamento da desigualdade social, praticamente em todos os países do mundo, não sendo, portanto, um fenômeno observado apenas em países em desenvolvimento. Recentemente, no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, a rede de organizações não governamentais, Oxfam, produziu um relatório, cuja conclusão foi: “a desigualdade econômica está fora de controle”. É natural fazermos uma associação direta entre a desigualdade social e a concentração de renda, no entanto, precisamos entender melhor essas variáveis e as derivações decorrentes destas relações, para identificarmos as verdadeiras causas que afetam a distribuição de riquezas e, por conseguinte, as possíveis consequências sociais. Via de regra, sentenciamos o capitalismo como o principal responsável pela desigualdade e concentração de riqueza, no entanto, precisamos também reconhecer que esse sistema econômico representa a principal força motriz da construção e desenvolvimento da economia contemporânea.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Associada e indexada à