Edição Atual

v. 2 n. 2 (2023)
Ver Todas as Edições

APRESENTAÇÃO

Fundada em março de 2022, a Revista Brasileira de Gestão Pública (RBGP) é um periódico científico semestral editado pelo Programa de Mestrado Profissional em Administração Pública, do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

O Programa de Mestrado Profissional em Administração Pública do IDP, em funcionamento desde 2017, vem contribuindo diretamente para a qualidade das políticas públicas e da gestão governamental do País, por meio do estudo e pesquisa aplicada na área de Administração Pública, além da qualificação profissional de servidores públicos, empregados da iniciativa privada, terceiro setor e organismos internacionais. 

A RBGP estimula a publicação de trabalhos empíricos originais na área de concentração e linha de pesquisa do PPG, respectivamente, "Gestão Pública Contemporânea" e "Políticas Públicas e Gestão Governamental".

Prezando pela razoabilidade dos prazos de avaliação, a RBGP adota os seguintes limites temporais: a estimativa de prazo na etapa do desk review é de 7 dias, enquanto que a etapa do double-blind peer review é de 28 dias (primeiros pareceres dos examinadores).

Adicionalmente, não há requisitos estritos sobre a formatação, citações e referências na submissão do artigo (podendo o trabalho estar no estilo ABNT, APA, MLA, Chicago, etc.). Assim, o trabalho pode estar em qualquer estilo ou formato, desde que os mesmos sejam consistente, isto é, do início ao fim do artigo em uma mesma norma de formatação. Na seção de referências, devem estar presentes o(s) nome(s) do(s) autor(es), título do periódico/título do livro, título do capítulo/título do artigo, ano de publicação, número do volume/capítulo do livro e número do artigo ou paginação. O uso do DOI é altamente encorajado. O estilo de referência utilizado pela revista será aplicado ao artigo aceito após a fase de avaliação do mesmo. Observe que os dados ausentes serão destacados na fase de avaliação para que o(a) autor(a) os corrija. Serão aceitos trabalhos entre 6.000 e 8.000 mil palavras.